REFORMAS

Guedes fala de reformas em 3 meses, e o Ibovespa acredita

A bolsa brasileira teve desses dias cada vez mais raros, com investidores mais ligados na cena local do que no exterior. E o Ibovespa se deu bem, destoando das das leves perdas e ganhos lá fora.

A expectativa pelo corte da Selic, que veio como o roteiro de 42 dias atrás do Banco Central sugeria, mantinha o índice no azul desde cedo. Mas ele embalou de vez, mesmo, depois de declarações do ministro da Economia, Paulo Guedes

Você deve se lembrar. No começo de março, enquanto a covid-19 chegava ao Brasil, Guedes falava em "15 semanas para mudar Brasil".

Esse prazo acabou.

E o Brasil, como outros países, passou esse meio tempo contando a escalada de mortos pela pandemia. E, como não poderia ser diferente, as reformas econômicas defendidas por Guedes foram escanteadas.

Mas, hoje, Guedes avisou que a fase de medidas anticrise já passou. E que as atenções do governo estarão agora, de novo, voltadas a retomar as reformas iniciadas em 2019, com a da Previdência. E, desta vez, o prazo para mudanças prometido pelo ministro foi de entre “60 ou 90 dias”.

Se essa aceleração acontecerá, só o tempo dirá. Mas, o Ibovespa, hoje mesmo, acabou acelerando a alta que já apresentava desde cedo.

E o dólar também subiu, mas aí já foi coisa de (sempre ele) Jerome Powell, presidente do banco central americano...

Ouça mais detalhes da sessão no boletim do Valor Investe na rádio CBN.

@valorinveste

____________
Canal Telegram:
t.me/viaInvestimento
Redes sociais: @𝘃𝗶𝗮𝗂𝗇𝗏𝖾𝗌𝗍𝗂𝗆𝖾𝗇𝗍𝗈

#investimento #mercado #bolsa #ações #opções #tesouro #FII #Bitcoin #fintwit #viainvestimento
By: via Via Investimento
Share: